[sapl-dev] Fwd: Código do Luciano.

Jean Rodrigo Ferri jeanferri em interlegis.leg.br
Quarta Março 21 16:28:41 BRT 2012


Em 21-03-2012 12:15, Luciano De Fazio escreveu:
> Gouveia e Angelo,
>
> Após a avaliação e confirmação de que a disponibilização dos novos módulos
> no SAPL não implicará no SPDO, sendo este o momento oportuno, informo o
> envio do código ao repositório do Interlegis, no "trunk" do SAPL.
>
> http://colab.interlegis.leg.br/changeset/6142/publico
>
> http://colab.interlegis.leg.br/changeset/6143/publico
>
> http://colab.interlegis.leg.br/changeset/6144/publico
>
> Esclareço que antes desta definição, era necessário um controle de versão
> do código, para possibilitar a continuidade do desenvolvimento dos novos
> módulos, razão pela qual foi aberto o repositório sapl.googlecode.com


Oi Luciano,

Vou propor uma ideia... Quando ocorrer novamente a necessidade de 
desenvolver algo novo, visando-se testar e/ou buscar aprovação pela 
comunidade do que foi desenvolvido, isso pode ser feito criando-se um 
novo branch, específico para este fim. Por exemplo, se vocês analisarem 
a ramificação de branchs do SAPL, perceberão vários branchs que não são 
releases do sistema:

http://repositorio.interlegis.gov.br/ILSAPL/branches/

Quando eu fiz a implementação do novo layout do SAPL, criei um branch 
chamado '2.1-jean', onde implementei tudo o que eu queria, e pedi para o 
Morale revisar. Após a aprovação do Morale, fiz os merges de volta para 
o trunk. Como este, tem outros branchs dos APL que algumas Câmaras 
utilizaram para desenvolver coisas específicas, por exemplo a Assembleia 
do Tocantins no '2.1-alto' desenvolveu o suporte a PostgreSQL no SAPL, 
que posteriormente também foi incorporado ao trunk.

Para fazer um novo branch vocês já sabem, basta fazer uma cópia do 
trunk, por exemplo, rodar um 'svn cp 
http://repositorio.interlegis.gov.br/ILSAPL/trunk 
http://repositorio.interlegis.gov.br/ILSAPL/branches/2.5-protocolo -m 
"Criando branch para o protocolo no SAPL"'.

Dessa forma, facilita inclusive o reaproveitamento dos códigos através 
dos merges, pois o código estará dentro do mesmo repositório. E vocês 
todos tem permissão de escrita sem restrições em todo o nosso 
repositório SVN, portanto, com poderes para cria os branchs necessários, ok?

Outra coisa que gostaria de propor-lhes é utilizarmos mais as listas de 
desenvolvimento '-dev', por exemplo a sapl-dev, para nos comunicar sobre 
o que pretendemos desenvolver no sistema, ok?

Grande abraço,

-- 
Jean Ferri
Analista de Sistemas
Interlegis - Brasília (DF)


Mais detalhes sobre a lista de discussão SAPL-dev