[plonegov-br] RES: [GRAYMAIL] Re: RES: [GRAYMAIL] Re: Licitação de Plone

Monica Japiassu Matos da Silva monica.japiassu-silva em susep.gov.br
Quarta Setembro 23 15:04:58 BRT 2015


Pessoal,

Para fins de pagamento à fábrica de software, aqui nós aplicamos ao total de pontos de função de cada projeto o percentual referente às etapas do projeto feitos pela fábrica. Por exemplo, se a etapa de levantamento de requisitos equivale a 20% do total do projeto, por exemplo, e foi a nossa equipe interna que fez esse levantamento, descontaremos 20% do total de PF para fins de pagamento.

Nessa linha, pensei numa possível solução para a contagem do desenvolvimento de um portal em Plone: podemos contar TODAS as funcionalidades solicitadas pelo usuário, inclusive aquelas que já existem no Plone e serão apenas parametrizadas.

Então, para fins de pagamento da demanda à fábrica de software, descontaríamos o percentual equivalente à etapa de CONSTRUÇÃO (ou desenvolvimento) apenas da quantidade de PF dessas funções que serão só parametrizadas e, também, das funções de dados que ficarão intocadas.

O que vocês acham dessa abordagem?

Atenciosamente,
Mônica Japiassú
CGETI/COINF
Ramal: 4383


> -----Mensagem original-----
> De: plonegov-br-bounces em listas.interlegis.gov.br [mailto:plonegov-br-
> bounces em listas.interlegis.gov.br] Em nome de André Nogueira
> Enviada em: segunda-feira, 14 de setembro de 2015 14:31
> Para: Comunidade Plone no Governo
> Assunto: [GRAYMAIL] Re: [plonegov-br] RES: [GRAYMAIL] Re: Licitação de
> Plone
> 
> Monica,
> 
> Concordo que não faz nenhum sentido estimar o esforço de coisas
> existentes e consolidadas.
> 
> Mas muito cuidado. Não esqueça que existe muito trabalho que deve ser
> feito para o perfeito funcionamento do seu portal, que vai além de
> simplesmente falar em funcionalidades novas ou customizadas.
> 
> Coisas como o planejamento da tecnologia, a montagem do buildout,
> criação de produto de tema, seleção de complementos, configuração
> desses complementos, configuração do Plone, estruturação de conteúdo,
> instalação em produção, politica de cache e correção de bugs em
> complementos não se encaixam muito bem no conceito de funcionalidade,
> mas são a parte mais importante do seu portal.
> 
> Na nossa experiencia como fornecedor é muito complicado encaixar várias
> dessas atividades quando estamos pensando apenas em funcionalidades.
> 
> Nunca esqueça deles ou terá um portal com todas as funcionalidades
> desenvolvidas mas muito mal elaborado, mal integrado e com um
> desempenho muito ruim.
> 
> []s
> 
> 
> Andre Nogueira
> andre em simplesconsultoria.com.br
> Simples Consultoria
> www.simplesconsultoria.com.br
> Tel. (11) 3898-2121
> 
> 
> 2015-09-14 13:33 GMT-03:00 Monica Japiassu Matos da Silva
> <monica.japiassu-silva em susep.gov.br>:
> > Pessoal,
> >
> > Muito obrigada pelas ótimas contribuições que surgiram até agora!
> >
> > Pois é, Yara, consultei especialistas em PF que me informaram que,
> para o nosso objetivo, que é passar essa demanda de portal em Plone
> para a fábrica, só devemos contar os PF das funções novas ou
> customizadas. A explicação para não contar as funções que já existem
> prontinhas no Plone e serão utilizadas é que haverá mera parametrização
> delas na ferramenta.
> >
> > Obrigada por pedir ao especialista da sua área vir aqui fazer seus
> comentários também. Serão de grande valia!
> >
> > Atenciosamente,
> > Mônica Japiassú
> > CGETI/COINF
> > Ramal: 4383
> >
> >
> >> -----Mensagem original-----
> >> De: plonegov-br-bounces em listas.interlegis.gov.br [mailto:plonegov-
> br-
> >> bounces em listas.interlegis.gov.br] Em nome de Yara Athayde Athayde
> >> Enviada em: segunda-feira, 14 de setembro de 2015 12:21
> >> Para: Comunidade Plone no Governo
> >> Assunto: [GRAYMAIL] Re: [plonegov-br] Licitação de Plone
> >>
> >> Sim Maurício... são duas questões:
> >>
> >> 1 - O PF como medida de contagem do tamanho do software.
> >> 2 - O PF como referência para cobrança.
> >>
> >> O PF como está hoje não é suficientemente bom para contextos web,
> >> principalmente relacionados a interface (e tudo derivado disso).
> >> Temos uma pessoa em nossa equipe que está fazendo justamente essa
> discussão.
> >> Mas a discussão ainda não evoluiu muito.
> >>
> >> E neste contexto, utilizar o PF líquido pode levar a
> dimensionamentos
> >> de tamanho de trabalho equivocados.
> >>
> >> Vou pedir para nosso especialista fazer um comentário sobre a
> postagem.
> >> O assunto ainda não tem unidade nem dentro do departamento que
> >> trabalha com o assunto no Serpro.
> >>
> >> Yara Athayde.
> >>
> >> Em 14 de setembro de 2015 11:37, Mauricio Victor Marques
> >> <mauricio.marques em serpro.gov.br> escreveu:
> >> > Bom dia a todos,
> >> >
> >> >         até onde estudei, a contagem de pontos de função, em sua
> >> > essência, não leva em consideração a tecnologia que será
> utilizada.
> >> > A contagem de PF mede o tamanho do sistema, independente de
> tecnologia.
> >> >
> >> >         É claro que, dependendo da tecnologia escolhida, ela
> >> > aumenta
> >> a
> >> > produtividade porque possui "componentes prontos", mas para ser
> >> > produtiva a equipe precisar ter conhecimento da tecnologia
> escolhida.
> >> > No caso específico do Plone sabemos que não é fácil adquirir
> >> > grandes conhecimentos, pois demandam anos de experiência.
> >> >
> >> >        Contar somente o novo ou customizado está errado, é uma
> >> > tentativa de acertar fazendo o incorreto. Neste caso deve ser
> >> > utilizado outra forma de contabilizar$$$$ o sistema que não
> >> utilizando
> >> > Pontos de Função OU no caso de PF modificar o seu valor unitário.
> >> >
> >> > --
> >> > Atenciosamente,
> >> >
> >> > Maurício Victor Marques
> >> > Analista Sistemas
> >> > SERPRO
> >> >
> >> >
> >> >
> >> >
> >> > Em 14/09/2015 10:50:54, Ramiro B. da Luz escreveu:
> >> >
> >> > Olá.
> >> >
> >> >
> >> > 2015-09-14 9:37 GMT-03:00 Mônica Japiassú
> >> > <monica.japiassu-silva em susep.gov.br>:
> >> >>
> >> >> Olá, pessoal!
> >> >>
> >> >> Sou nova aqui no fórum. Trabalho na área de TI da Susep e
> >> >> encontrei este fórum pesquisando no Google sobre como contar
> >> >> pontos de função para a criação de um portal em Plone.
> >> >>
> >> >> O site da Susep está no Plone e agora solicitaram a criação de um
> >> >> outro portal distinto do site da Susep, mas em Plone também.
> >> >>
> >> >> Gostaríamos de fazer essa solicitação para a fábrica de software
> >> >> que nos atende, cujo contrato é baseado em pontos de função, no
> >> >> entanto, não sabemos bem como faremos esse tipo de contagem.
> >> >>
> >> >> Pelo que já andei pesquisando, só se deve contar PF de funções
> >> >> novas
> >> >> (desenvolvidas) ou de funções que já existam no Plone mas exijam
> >> >> customização. Mas, para isso, seria necessário que a pessoa que
> >> >> vai contar os PF desse projeto domine o Plone, para saber
> >> >> exatamente que funções precisarão ser customizadas ou não, certo?
> >> >>
> >> >> Outro problema que vejo é o leiaute do novo portal, que não dá
> >> >> para ser contado em PF, certo?
> >> >>
> >> >> Alguém passou por isso recentemente? Como resolveram?
> >> >
> >> > Eu também tenho interesse nesse assunto. Nosso caso é um pouco
> >> > diferente, queremos contratar o desenvolvimento de certas
> >> > funcionalidades no sistema de ouvidoria[1] do portal modelo
> >> > (Plone),
> >> criado pelo Interlegis.
> >> >
> >> > Eu já havia feito algumas pesquisas e por enquanto o que encontrei
> >> foi
> >> > uma mensagem antiga nessa mesma lista[2]. Essa mensagem remete ao
> >> > endereço de editais disponibilizados pela Caixa[3]. Tem também
> >> > alguns editais do Interlegis[4] e dois pregões presenciais, um da
> >> > Câmara Municipal de Bauru[5] e outro da Câmara Municipal de
> Guaraí[6].
> >> >
> >> > [1] -
> >> > https://github.com/interlegis/interlegis.portalmodelo.ombudsman
> >> > [2] -
> >> > https://colab.interlegis.leg.br/archives/thread/plonegov-
> >> br/licitacao-
> >> > de-contrato-de-prestacao-de-servico-por-manutencao
> >> > [3] -
> >> > http://www.softwarelivre.gov.br/protocolo-brasilia-
> 1/editais%20sl.z
> >> > ip [4] - http://www.interlegis.leg.br/institucional/editais/2013
> >> > [5] -
> >> > http://www.bauru.sp.leg.br/transparencia/licitacoes-e-
> >> contratos/2014/p
> >> > regao-presencial/pregao-no-07/edital
> >> > [6] -
> >> > http://www.guarai.to.leg.br/institucional/noticias/pregao-
> presencia
> >> > l
> >> >
> >> >
> >> >>
> >> >> Obrigada!
> >> >
> >> >
> >> > --
> >> > --
> >> > -- Ramiro Batista da Luz
> >> > -- (41) 9173-2231
> >> > -- http://www.ramiroluz.eti.br
> >> >
> >> > --
> >> > Comunidade Plone no Governo
> >> > Site: http://www.softwarelivre.gov.br/plone
> >> > Wiki: http://colab.interlegis.leg.br/wiki/PloneGovBr
> >> > Histórico:
> >> >
> >>
> http://colab.interlegis.leg.br/search/?type=thread&order=latest&list=
> >> p
> >> > lonegov-br
> >> > Lista:
> >> > https://listas.interlegis.gov.br/mailman/listinfo/plonegov-br
> >> >
> >> >
> >> > -
> >> >
> >> >
> >> > "Esta mensagem do SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS
> >> > (SERPRO), empresa pública federal regida pelo disposto na Lei
> >> > Federal nº 5.615, é enviada exclusivamente a seu destinatário e
> >> > pode conter informações confidenciais, protegidas por sigilo
> >> > profissional. Sua utilização desautorizada é ilegal e sujeita o
> >> > infrator às penas da lei. Se você
> >> a
> >> > recebeu indevidamente, queira, por gentileza, reenviá-la ao
> >> > emitente, esclarecendo o equívoco."
> >> >
> >> > "This message from SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS
> >> > (SERPRO)
> >> > -- a government company established under Brazilian law (5.615/70)
> >> > -- is directed exclusively to its addressee and may contain
> >> > confidential data, protected under professional secrecy rules. Its
> >> > unauthorized
> >> use
> >> > is illegal and may subject the transgressor to the law's
> penalties.
> >> If
> >> > you're not the addressee, please send it back, elucidating the
> >> failure."
> >> >
> >> > --
> >> > Comunidade Plone no Governo
> >> > Site: http://www.softwarelivre.gov.br/plone
> >> > Wiki: http://colab.interlegis.leg.br/wiki/PloneGovBr
> >> > Histórico:
> >> >
> >>
> http://colab.interlegis.leg.br/search/?type=thread&order=latest&list=
> >> p
> >> > lonegov-br
> >> > Lista:
> >> > https://listas.interlegis.gov.br/mailman/listinfo/plonegov-br
> >> --
> >> Comunidade Plone no Governo
> >> Site: http://www.softwarelivre.gov.br/plone
> >> Wiki: http://colab.interlegis.leg.br/wiki/PloneGovBr
> >> Histórico:
> >>
> http://colab.interlegis.leg.br/search/?type=thread&order=latest&list=
> >> pl
> >> onegov-br
> >> Lista: https://listas.interlegis.gov.br/mailman/listinfo/plonegov-br
> > --
> > Comunidade Plone no Governo
> > Site: http://www.softwarelivre.gov.br/plone
> > Wiki: http://colab.interlegis.leg.br/wiki/PloneGovBr
> > Histórico:
> >
> http://colab.interlegis.leg.br/search/?type=thread&order=latest&list=p
> > lonegov-br
> > Lista: https://listas.interlegis.gov.br/mailman/listinfo/plonegov-br
> --
> Comunidade Plone no Governo
> Site: http://www.softwarelivre.gov.br/plone
> Wiki: http://colab.interlegis.leg.br/wiki/PloneGovBr
> Histórico:
> http://colab.interlegis.leg.br/search/?type=thread&order=latest&list=pl
> onegov-br
> Lista: https://listas.interlegis.gov.br/mailman/listinfo/plonegov-br


Mais detalhes sobre a lista de discussão PloneGov-BR