[interlegis] RES: Reivindicações de 2009 - Questões

André Brum da Silva andre em camaraagudo.rs.gov.br
Terça Março 16 11:29:13 BRT 2010


Em Ter, 2010-03-16 às 10:26 -0300, Hélio Teixeira escreveu:
> Bom dia a todos
Amigos,

esse debate é muito importante e devemos faze-lo serenamente, como tem
ocorrido. Mas ele não é novo, todos sabem.

Me atrevo a opinar que o pano de fundo dele é uma contradição entre as
estruturas hierarquizadas da administração pública tradicional (às quais
todos estamos ligados, em alguma medida) e às nova estruturas dinâmicas
que as tecnologias de comunicação e informação permitem aos processos
decisórios. (Me perdoem por não usar uma linguagem técnica, pois não sou
"do ramo" nem da administração nem da TI e apenas pretendo contribuir
com algumas percepções).

Talvéz as primeiras, hierarquizadas (necessariamente?), sejam mais
lentas para tomar decisões que as segundas. As últimas, porém, são
necessariamente voluntárias (me refiro às comunidades), o que pode ser
motivo de uma incerteza que preocupa quem, por exemplo, tem prazos para
atingir metas. Então, percebo uma contradição entre hierarquia e rede
(embora não tenha eu uma reflexão maior sobre o assunto).

No Interlegis convivemos com isso necessariamente, já que ele pretende a
integração dos Legislativos para buscar soluções, mas integração
necessariamente voluntária. Então, acho que a questão colocada pelo
Hélio faz sentido: se bem entendi, se temos possibilidade de maior
integração (e de interação), faz sentido uma centralização do processo
decisório? Por outro lado, com o nível de interação voluntária que temos
(nós, as casas legislativas) em todos os sentidos, temos respondido
adequadamente aos desafios até aqui postos?

Óbvio que postei mais perguntas que respostas, de forma despretenciosa.
Mas gostaria de saber a opinião da direção do Interlegis sobre isso.

Subscrevo fraternalmente, entusiasmado para seguir adiante (como a
Presidência da CM de Agudo já afirmou em ofício enviado ao Interlegis).

Abraço a todos.

André Brum
Agudo RS



Mais detalhes sobre a lista de discussão Interlegis