[interlegis] RES: Por um Plano (minimamente estruturado) de Comunicação para o Interlegis

Hélio Teixeira heliolteixeira em gmail.com
Sexta Abril 30 16:05:28 BRT 2010


Amigo James,

Em primeiro lugar gostaria de deixar muito claro o respeito e a
consideração que sempre nutri por você e por todos os demais
profissionais de comunicação do Interlegis. Como já disse
anteriormente, se eu os critico é porque os considero. Se eu não os
considerasse deixaria as coisas como estão e iria cuidar da minha
vida.

Outro ponto que deixar muito claro é o caráter não pessoal das minhas
críticas. Como você bem frisou, o nosso relacionamento sempre foi
muito bom (e espero que possa continuar assim, pois gosto muito de
você e o considero muito!) e nunca tivemos nenhuma desavença. Foi
justamente com base nesse bom relacionamento que fiz as minhas
críticas. Sempre tive a certeza que elas (as minhas críticas) seriam
recebidas por você como uma contribuição de um amigo (seu e do
Interlegis) que só quer ajudar.

Algumas colocações que fiz realmente foram duras, mas tenha a certeza
que nenhuma delas teve a intenção de ofendê-los. Tudo que eu disse foi
baseado em uma convicção: A COMUNICAÇÃO DO INTERLEGIS É DEFICIENTE E
PRECISA MELHORAR MUITO!

Só quero esclarecer alguns pontos que você colocou em sua mensagem. O
quadro que o amigo pinta em sua mensagem, não condiz com a realidade e
acredito que seja preciso esclarecer para que sejamos justos um com o
outro:

Em 30 de abril de 2010 14:52, James R. Menezes de Carvalho
<jamescarvalho em interlegis.gov.br> escreveu:

> Em janeiro de 2009, quando da realização de um Seminário de Vereadores em Maceió (AL), conversei bastante com o nosso amigo Helio sobre tal necessidade que ele de pronto concordou. O ano de 2009 passou e nem uma linha ou telefonema com alguma sugestão foi feita. Silêncio total.

Foi justamente nesse Seminário que tive o prazer de conhecê-lo
pessoalmente. Gostei muito da sua pessoa pela cordialidade e educação
com que você trata as pessoas.

Mas eu tenho que ser justo com a minha consciência. Não lembro de ter
assumido em momento algum nenhum compromisso com você de escrever uma
linha sequer sobre a Política de Comunicação do Interlegis.
Sinceramente não me lembro mesmo. Apenas me dispus a colaborar se
vocês assim quisessem no momento que o Plano estivesse sendo gestado.
Pelo menos foi isso que eu entendi da nossa conversa. Ponto.

> No final de 2009, no GITEC, novamente o assunto foi levantado. Na oportunidade, o Interlegis começava a se movimentar, a necessidade da elaboração do Plano novamente estava posta no planejamento para 2010.
> Em janeiro deste ano, na reunião com a equipe do BID para formalização das ações do Interlegis para 2010, mais uma vez foi reforçada a necessidade do Plano.
> Em 03 de março passado, recebi (como todos do GICOM) a proposta do Helio para o Interlegis. Alguns dias depois, conversei com o Helio (por telefone) sobre a proposta apresentada por ele, sobre o quadro esquema que ele montou, etc. A proposta foi lida pela equipe da SSFAC e por todos os Diretores da SINTER.

Foi extamente nessa conversa que fiquei surpreso com o amigo. Não
citei algo que aconteceu nessa conversa que tivemos quase 10 dias após
o envio do documento para não trazer a discussão para o plano pessoal,
tendo em vista que, repito, gosto muito de você e sei que você é UMA
PESSOA DO BEM.

Mas já que você citou a conversa me deixa mais a vontade para fazê-lo.
O que aconteceu foi o seguinte: Enviei o documento e esperei uma
resposta (qualquer que fosse) por 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 , 10 dias,
e nenhum sinal de resposta. Peguei o telefone liguei para você (você
omitiu que quem ligou para você fui) e perguntei o que você tinha
achado do documento. Para a minha surpresa, mesmo já tendo se passado
10 dias, você me disse que ainda não havia lido e pediu em voz alta
para alguém (a sua secretária imagino) para imprimir inclusive o
diagrama e que você iria levar para sua casa e ler. E me disse que
depois que lesse iria ME LIGAR PESSOALMENTE para conversarmos sobre as
minhas propostas.

Foi exatamente essa conversa que me deixou muito chateado pois nos 50
dias seguintes você não me retornou, apesar de ter assumido o
compromisso de fazê-lo.

Como eu já disse, um simples NÃO GOSTEI teria me deixado mais
satisfeito do que a deselegância do SILÊNCIO.


> Em 16 de março, recebemos uma mensagem do Helio com várias reflexões (algumas delas até desrespeitosas quanto à competência das pessoas que aqui trabalham) que foram lidas e absorvidas por todos.
> Nesse meio tempo, o Interlegis vem reestruturando todas as áreas de atuação (inclusive a SSFAC) com a absorção de técnicos especializados, aprovados no último concurso do Senado.
> Com as novas negociações com a BID e com o PNUD, a SINTER passou a ter condição de contratar especialistas para o desenvolvimento de projetos específicos. Assim, começamos a corrida para a obtenção de um Consultor que venha agregar o seu conhecimento e sua experiência na montagem e desenvolvimento de um Plano de Comunicação / Relacionamento para o Interlegis.
> No dia 28 de abril recebemos uma mensagem postada pelo Helio na qual faz uma dissertação, até bastante interessante, sobre o silêncio e apresenta alguns cenários mirabolantes.

Como eu falei na mensagem. Os cenários mirabolantes foram consequência
do SILÊNCIO...

> Confesso que tal atitude foi, para mim, surpreendente. Surpreendente Helio (e aí falo diretamente para você) porque sempre que temos oportunidade conversamos e trocamos mensagens diretamente e sua atitude foi bastante indelicada, até pelo relacionamento e aproximação existente. Da mesma forma que trocamos idéias alguns dias após o envio da sua sugestão, você poderia ter ligado e conversado comigo diretamente. Mas, cada um age da forma que melhor lhe aprouver.


Mais uma vez você omite que eu já tinha feito isso (ligar para você).
Você queria que ligasse de novo tem implorando
atenção?????????!!!!!!!!!!

Aliás, todos os nosso contatos sobre o tema FORAM DE MINHA INICIATIVA.
NUNCA PARTIRAM DO AMIGO!!!!!


> Gostaria de agradecer às colaborações apresentadas pelos participantes da lista, que constantemente se manifestam, quanto ao documento apresentado pelo Helio. Acho que aqui o silêncio vale para todos, não é mesmo?
> Se "todos" estão interessados em colaborar e ver a melhora, o engrandecimento, os resultados, etc., etc., etc. do Interlegis, porque ninguém apresentou uma única sugestão, proposição ou observação à época sobre o documento? Será que leram o documento? Amigo Helio, se leram, calaram-se... Aí acho que você deveria incluir um novo cenário sobre o silêncio na sua lista...

Quem deveria se manifestar era VOCÊ meu amigo. O assunto era da sua
área. O tema dizia respeito ao teu trabalho. Se alguém não falou
quando deveria ter falado foi VOCÊ, não os demais membros da lista,
que, em privado (muitos!!!) me felicitaram pelas colocações.


> Quero esclarecer a todos os interessados que estamos preparando a contratação de um Consultor especialista (como disse acima) para conduzir o processo de desenvolvimento do Plano de Comunicação / Relacionamento. Contrariando a afirmação postada pelo Helio (em 16 de março passado), gostaria de dizer que existem, sim, pessoas competentes no mercado que podem auxiliar e conduzir tal processo.

Aqui está a minha MAIOR DIVERGÊNCIA do amigo. Vocês vão contratar um
Consultor para fazer o trabalho de VOCÊS????? Foi isso que eu li
acima, ou minha visão está embaralhada????

Amigo James, repito pela ENÉSIMA vez: se nós profissionais de
comunicação que conhecemos como poucos a estrutura do Interlegis, o
seu funcionamento e a realidade das casas legislativas brasileiras
(nossas clientes) NÃO FORMOS CAPAZES DE SOZINHOS ELABORARMOS UM PLANO
DE COMUNICAÇÃO para um Interlegis. Então estamos perdidos!!!

Contratar um consultor para isso além de ser VERGONHOSO para nós é um
TOTAL DESPERDÍCIO DE DINHEIRO PÚBLICO.

Para concluir, quero reafirmar que a minha amizade pelo amigo continua
a mesma. E espero que possamos unir forças para o bem do Interlegis.

Grande abraço a todos,

-- 
Hélio Teixeira
http://novodialogo.com.br/
http://ComunicacaoChapaBranca.com.br
Twitter: http://twitter.com/helioteixeira ou
http://twitter.com/chapabranca


Mais detalhes sobre a lista de discussão Interlegis