[interlegis] Aprendendo com a Comunidade

Agostinho da silva agostinhosilva em anpguinebissau.org
Sexta Dezembro 18 09:15:23 BRST 2009


caro amigo Hélio Teixeira, é com grande satisfação que lhe respondo, isto
porque a minha Isntituição ja tem condições para eu passar a fazer o que
devo fazer qunato ao envio de assuntos de interesse no nosso linque.
aceite os meus cumprimentos, boas festas do natal e prospero ano novo e que
nesse ano tenhamos suscessos nas nossas assões do dia.

2009/12/16 Hélio Teixeira <heliolteixeira em gmail.com>

> Durante o II Encontro Gitec, realizado na semana passada em
> Brasília-DF, reivindicamos uma maior participação da Comunidade nos
> processos decisórios do Programa Interlegis. Acreditamos que muitas
> das decisões equivocadas tomadas pela direção do Interlegis nos
> últimos anos poderiam ter sido evitadas se houvesse um diálogo
> minimamente estruturado entre os decisores e as nossas Comunidade…
> Enfim, não vou repetir aquilo que já disse... e que todos vocês já
> estão carecas de saber…
>
> Como a nossa intenção é ir além das palavras fáceis e dos discursos
> vazio e não fazer a crítica pela crítica. Resolvemos retomar no Chapa
> Branca as discussões sobre o futuro do Interlegis.
>
> Uma das principais críticas que faço ao atual modelo de gestão do
> programa é a incapacidade que ele tem de aprender com os próprios
> acertos. Isso mesmo, muita coisa boa foi feita, e, nos últimos, por
> mais incrível que pareça poucas coisa tem sido feita para se
> aproveitar os ensinamentos dessas boas experiências.
>
> As câmaras municipais de Catanduva-SP, Campinas-SP, Arapiraca-AL,
> Recife-PE, Domingos Martins-ES, Apucarana-PR (e tantas outras!)… são
> detentoras de algumas das melhores experiências de implantação dos
> produtos Interlegis e, com certeza, cada uma delas tem algo a nos
> ensinar. Por exemplo, é interessante saber como a Câmara Municipal de
> Arapiraca consegui fazer com que a sociedade local exija da Câmara
> Municipal da cidade que o SAPL permaneça no ar? ou ainda, como a
> Câmara Municipal de Catanduva-SP conseguiu “vender” o SAPL para o seu
> público interno? ou ainda, qual a estratégia que a Câmara Municipal do
> Recife utilizou para convencer diversas casas do interior pernambucano
> a implantarem o SAPL? Enfim, as perguntas são muitas e as suas
> respostas podem trazer luz ao nosso caminho rumo ao fortalecimento do
> Interlegis e ao desejado aumento da base de clientes do programa.
>
> Para começar vamos ouvir o grande Luciano de Fázio de Catanduva-SP.
> Sem dúvida, um dos maiores nomes da nossa Comunidade. Profissional
> respeitado e admirado pelo seu trabalho competente e pelo pioneirismo
> das suas iniciativas, graças em grande parte ao seu trabalho, a Câmara
> Municipal de Catanduva-SP é hoje um exemplo a ser seguido por todas as
> casas legislativas brasileiras.
>
> Confiram a nossa conversa em: http://comunicacaochapabranca.com.br/?p=9260
>
> Grande abraço
> --
> Hélio Teixeira
> http://ComunicacaoChapaBranca.com.br<http://comunicacaochapabranca.com.br/>
> Twitter: http://twitter.com/helioteixeira ou
> http://twitter.com/chapabranca
> --
> Site da Comunidade Interlegis
> http://www.interlegis.gov.br
>
> Para pesquisar o histórico da lista visite:
> http://colab.interlegis.gov.br/wiki/PesquisaListas
>
> Para administrar sua conta visite:
> http://listas.interlegis.gov.br/mailman/listinfo/interlegis
>



-- 
Agostinho da Silva
Palácio da Assembleia Nacional Popular
Av. Francisco Mendes
Tel: 6602547
Bissau/Guiné-Bissau
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: http://listas.interlegis.gov.br/mailman/private/interlegis/attachments/20091218/ef24a7e5/attachment.htm 


Mais detalhes sobre a lista de discussão Interlegis