[gitec] [gial] Um novo espaço

Jean Rodrigo Ferri jeanferri em interlegis.gov.br
Quinta Dezembro 17 18:55:59 BRST 2015


Grande Hélio,

Bom saber que você está de volta!

Você já conseguiu mapear, depois desse tempo se dedicando a esse tema, 
práticas e/ou ferramentas que nos ajudem ou ajudem aos órgãos públicos a 
criar essas áreas para reunir pessoas, motivá-las, e espaços para isso?

Muito bom o blog!

Abraço,

Jean Ferri


Em 17-12-2015 10:25, Hélio Teixeira escreveu:
> Grande Leandro
>
> Você tem um olhar aguçado meu amigo. Entre todas as provocações que o nosso
> blog traz, esta talvez seja a mais importante para a nossa democracia. Como
> reunir pessoas do jeito certo? Este não é um questionamento qualquer. Este
> é a pergunta cuja resposta traz embarcada a solução para todos os nossos
> grandes desafios coletivos.
>
> Por que é tão importante reunir pessoas do jeito certo? Porque a
> colaboração é a nossa única saída. Afinal alguém espera que aqueles que
> foram eleitos para roubar sejam os responsáveis pelo fim da corrupção?
>
> A colaboração é nossa única alternativa para enfrentar os nossos desafios
> coletivos. Sem colaboração não geramos responsabilização coletiva. Sem
> responsabilização coletiva não temos a participação co-criativa das
> pessoas. Sem participação co-criativa nenhuma mudança sustentável ocorre.
> Sem mudanças sustentáveis não construiremos o futuro que queremos e tanto
> precisamos!
>
> Então, se eu pudesse resumir em uma frase qual o maior fracasso das nossas
> atuais instituições políticas, eu diria: elas não sabem (ou não querem!)
> reunir pessoas do jeito certo. Em outras palavras, eles não sabem (ou não
> querem!) configurar os espaços institucionais (estruturais e simbólicos)
> para a colaboração co-criativa.
>
> E aqui entra outra questão de fundo muito importante: A política deve ser a
> arte de reunir as pessoas para construir juntas o futuro. Mas, infelizmente
> não é o que vemos hoje.
>
> O que vemos é uma postura de super-homem adotada pela quase totalidade dos
> gestores públicos eleitos. Eles são eleitos com discursos oniscientes. Em
> seus discursos, eles possuem soluções e respostas para tudo. Eles têm um
> plano para resolver cada problema. A mensagem é mais ou menos a seguinte:
> "Vote em mim e eu resolverei todos os vossos problemas". Aliás, os próprios
> eleitores alimentam essa dinâmica paternalista, quando recompensam com o
> seu voto os candidatos "oniscientes" em detrimento daqueles que adotam a
> postura mais honesta de assumir a sua natural incapacidade para resolver
> tudo.
>
> Em resumo, acredito que a maior contribuição que as instituições políticas
> podem oferecer à sociedade é REUNIR AS PESSOAS DO JEITO CERTO. Ou melhor:
> REUNIR AS PESSOAS COM AS MOTIVAÇÕES CERTAS, EM CONTEXTOS/ESPAÇOS ADEQUADOS
> E COM AS LIBERDADES CERTAS.
>
> O grande desafio do Instituto Hélio Teixeira e do nosso blog é justamente
> este. Ensinar as pessoas a se reunir do jeito certo. Queremos aumentar a
> capacidade colaborativa de nossas comunidades levando esse conhecimento ao
> maior número de pessoas e comunidades que pudermos alcançar. Queremos
> ensinar as crianças a fazer isso incorporando esse conhecimento aos
> currículos escolares. Afinal, quanto mais pessoas tiverem acesso a este
> conhecimento mais forte e poderosa será a nossa democracia.
>
>
> Grande abraço
>
>
> Em 14 de dezembro de 2015 15:03, Leandro Roberto Silva <
> leandroroberto.br em gmail.com> escreveu:
>
>> Grande Hélio Teixeira...
>>
>> *"Como reunir pessoas do jeito certo"*
>>
>> Desafio monstruoso que, com certeza, carece de fomento...
>> No que tange no meu quintal, a tecnologia, a oferta de ferramentas que
>> oferecem a transparência, carecem de um ambiente colaborativo que,
>> inclusive, seja disseminado e abraçado por desenvolvedores também do setor
>> privado... (Poderiam dizer, "isso não é minha obrigação", Será?) Sabemos
>> que as instituições públicas, geridas por agentes políticos, tem como
>> financiar o impulsionamento dessa transparência mas, evidentemente, não faz
>> parte de seus interesses... Um ambiente colaborativo e uma formação
>> de consciência, no que tange às nossas obrigações pontuais, com o apoio e
>> colaboração do ministério público e tribunais de contas,
>> seriamos imbatíveis na oferta de transparência... mas falta isso aí...
>> conscientização e colaboração...
>> --
>> att.
>> Leandro Roberto Silva
>> Câmara Municipal de Jataí


Mais detalhes sobre a lista de discussão GITEC