[gicom] [interlegis] Burocracia do Senado avança sobre (e ocupa!) estrutura física do Interlegis

Ada Lemos adalemos em gmail.com
Domingo Janeiro 23 11:49:07 BRST 2011


Caros,

Pouquíssimas vezes me pronuncio aqui, aliás, nos últimos meses tenho ficado
ao largo de mtas atividades, por estar com problemas seríssimos no olho
direito, do qual ando perdendo a visão rapidamente, devido ao chamado Buraco
Macular na retina. #a feira próxima, finalmente, serei submetida à cirurgia,
cujo apelido é Vitrô, para salvar o olho. Vai dar certo, se DEUS quiser e
Ele quer. Após a minha alta, sobretudo a total, vou voltar meu novo olhar
(conforme faz blague um amigão,para o Interlegis, em especial, que, tb,
sempre foi para mim, um locus da maior importância para a democracia
participativa

Somarei esforços com vcs para a defesa do Interlegis e seu papel dentro do
que disponho e sei fazer. Vou abrir na Ada Digital, mais, especialmente, no
*Parlamento Livre do Ada *debates sobre o Interlegis e párticipação
coletiva. Se não fosse este problema tão grave do olho, já teria
desenvolvido trabalho para o objetivo aqui dito. Esta história do meu olho
vem de há mto e mtos erros médicos foram cometidos, e por tantos erros,
quase perdi a visão, e algo tão fácil de diagnosticar, pelo que entendi.
Desde setembro passado era pra já ter sido operada, mas tantas
interveniências aconteceram que só na 3a serei operada e com toda carga mais
pesada que o tempo fez acontecer. A Unimed só há 10 dias autorizou a
cirurgia, tendo usado de tudo para não fazê-lo. Tive de usar de mta
paciência e argumentação precisa pra remover as confusões feitas de
propósito pra evitar de me dar a autorização da qual tenho direito líquido e
certo. Aliás, tem projeto no Congrsso pra cuidar deste assunto, obrigando as
operadoras de planos de saúde e quetais, dar as suas razões por escrito dos
porquês dela não autorizar procedimentos
Mesmo sem a lei, usei do método e exigi que a UNIMED escrevesse laudo
provando suas alegações pra não me dar a autorização. Como ela não tinha
como assinar nada, acabou me dando a autorização.

Conto-lhes esta história toda, pra lhes dizer que em tudo precisamos
argumentar de forma a não dar chances de tergiversamentos "espertalhões" ,
para tal precisamos ser ali em termos de conduta adequada e da mais adequada
forma de comunicação

Fui radical na busca dos meus direitos junto ao UNIMED, mesmo porque,
preciso pensar nas pessoas com menor poder de convencimento e preesão
saudável que tenho, pra ajudar a fazer, um tipo de jurisprudência, vamos
falar assim, para servir a tantas outras pessoas na mesma situação ou mesmo
parecida. Mutais mutantes, acho que Hélio, eu e outros e outros podemos sim
atuar, da maneira mais pertinente e adequada ao objetivo, sobre o que se faz
ou não o Senado a respeito do Interlegis, mesmo porque, tb, é o seu, o meu,
o nosso dim dim que paga tudo do Interlegis. Transparência tem a ver, tb,
com o seguimento das melhores práticas de gestão que ajuda a cidadania, etc,
etc, e tal

Fortes abs,
Ada Lemos: adadigital.com.br da Ada Digital Empreendimentos
Em 7 de janeiro de 2011 21:09, Hélio Teixeira
<heliolteixeira em gmail.com>escreveu:

> Ontem e hoje, recebi vários telefonemas de diversas pessoas que
> trabalham no Interlegis (algumas delas que eu sequer imaginava que
> ainda trabalhavam por lá...) dando conta de que o pessoal da
> burocracia do Senado Federal havia ocupado três salas no pavimento
> térreo do edificio sede do Interlegis. Ao que se sabe, até o momento,
> é que nessas salas passarão a funcionar alguns órgãos da estrutura
> burocrática do Senado.
>
> O fato que mais me chamou a atenção, foi que entre as salas
> “desapropriadas”  pelo Senado, esta a Sala de Treinamentos. Sim,
> aquela sala onde foram dados os minicursos do III Encontro Gitec e que
> existe há mais de 10 anos, e onde muitos de nós aprendemos as
> primeiras lições de Zope e Plone. E mais, me arrisco a afirmar, sem
> medo de errar, o local onde a nossa Comunidade foi gestada e, de fato,
> passou a se perceber como uma Comunidade.
>
> Quem está por aqui há mais tempo, como eu e tantos outros, sabemos o
> quanto os cursos presenciais que tivemos nos tempos do Paulo
> Fernandes, exatamente naquela sala, foram importantes para a
> consolidação do Gitec, a nossa comunidade mais “madura.”
>
> Contrariando uma promessa que eu havia feito a mim mesmo, de não me
> meter mais em assuntos que digam respeito a esfera administrativa do
> Interlegis (sobretudo pelo imenso desgaste emocional que tive do ponto
> de vista pessoal nas últimas vezes em que tentei opinar sobre essas
> questões...), eu gostaria de aproveitar esse acontecimento - carregado
> de importantes simbologias - para fazer algumas reflexões.
>
> O amor que tenho pela causa do Interlegis e a gratidão e o
> comprometimento sem medida que tenho com nossa Comunidade, são mais
> fortes do que eu, e me impedem de calar e não tentar contribuir de
> alguma forma.
>
> Para começar, gostaria de dizer que essa ocupação do espaço físico que
> ocorreu hoje já era esperada. Quem tem acompanhado de perto como eu as
> transformações (administrativas e funcionais) que o Interlegis vem
> sofrendo desde a sua transformação em um órgão da estrutura
> administrativa do Senado, pode perceber claramente o desenrolar de um
> visível processo de “SENADORIZAÇÃO” da estrutura
> administrativa-funcional do Interlegis, o que inevitavelmente
> repercute na própria ideologia administrativa que legitima e sustenta
> as ações do Programa.
>
> Ao longo dos últimos anos, como não poderia deixar de ser diferente, o
> que vemos dentro do Interlegis é a reprodução do modelo de gestão do
> Senado Federal. Para o bem ou para o mal, acredito que a partir da sua
> transformação em Secretaria Especial do Senado, esse processo seria
> inevitável. Assim, o que vemos agora é apenas a materialização, ou
> melhor, a conseqüência daquilo que foi feito alguns anos atrás. Mais
> precisamente na gestão anterior, O QUE EXIME DE CULPA OS ATUAIS
> DIRETORES, que, como se fala na gíria popular, PEGARAM O BARCO
> ANDANDO...
>
> Mas agora gostaria de fazer uma pergunta a todos aqueles que, como eu,
> acreditam na ideia que sustenta o Interlegis, e que também torcem pelo
> seu sucesso.
> ESSE PROCESSO DE “SENADORIZAÇÃO” DO INTERLEGIS VAI CONTRIBUIR PARA QUE
> O PROGRAMA CONSIGA ALCANÇAR  O SEU OBJETIVO MAIOR, QUE É A
> MODERNIZAÇÃO DO LEGISLATIVO BRASILEIRO?
>
> Como todos aqui já sabem, não costumo ficar em cima do muro, e me
> arrisco a afirmar, sem medo de errar, que a resposta é NÃO.
> Absolutamente, NÃO!
>
> E a explicação é muito simples.  Como podemos falar em MODERNIZAÇÃO se
> estamos reproduzindo um modelo de gestão ultrapassado e que levou o
> Senado Federal (e o Legislativo como um todo) a ser uma das
> instituições mais impopulares do nosso país, uma instituição que ocupa
> uma das ultimas colocações no ranking de confiança da sociedade
> brasileira?
>
> Como falar em modernização reproduzindo um modelo de gestão que não
> inspira confiança em nenhum cidadão brasileiro?
>
> Alguém realmente acredita que o Senado Federal pode ser modelo de
> modernização para qualquer coisa nesse país?
>
> Será que não precisaríamos construir algo REALMENTE NOVO que
> combatesse os velhos vícios culturais, políticos e organizacionais que
> imperam no Legislativo brasileiro há décadas?
>
> Será que não deveríamos ser a força inspiradora (de novas idéias e
> práticas inovadoras!) para retirar o Legislativo brasileiro desse
> abismo que ele se encontra?
>
> Fica a reflexão...
>
> Um grande abraço a todos!
>
> --
> Hélio Teixeira
> http://novodialogo.com.br/
> http://ComunicacaoChapaBranca.com.br
> http://twitter.com/helioteixeira
> --
> Site da Comunidade Interlegis:
> http://www.interlegis.gov.br/interlegis
>
> Regras de participação:
> http://colab.interlegis.gov.br/wiki/ComoParticiparComunidade
>
> Para pesquisar o histórico da lista visite:
> http://colab.interlegis.gov.br/wiki/PesquisaListas
>
> Para administrar sua conta visite:
> http://listas.interlegis.gov.br/mailman/listinfo/interlegis
>
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: http://listas.interlegis.gov.br/pipermail/gicom/attachments/20110123/49a80545/attachment.htm 


Mais detalhes sobre a lista de discussão GICOM