[gial] Contas 2011

Lucio Roberto lucioroberto11 em yahoo.com.br
Terça Setembro 29 13:06:00 BRT 2015


Não concordo qdo se fala que o vereador por ser cunhado do prefeito não deva votar, não existe impendimento pra que ele não, ali na tribunal não esta o cunhado do prefeito e sim um parlamentar, e só pode se chamar o suplente se o afastamento for superior a trinta dias ao menos no nosso municpipio 


     Em Terça-feira, 29 de Setembro de 2015 9:01, José Ricardo da Silveira Chagas <jose.ricardo.chagas em hotmail.com> escreveu:
   

 #yiv8719792538 #yiv8719792538 --.yiv8719792538hmmessage P{margin:0px;padding:0px;}#yiv8719792538 body.yiv8719792538hmmessage{font-size:12pt;font-family:Calibri;}#yiv8719792538 Concordo plenamente com o Colega Calhau.
Ouso fazer apenas uma correção: o vereador cunhado do prefeito não poderia ter participado da votação. Na verdade, ele estava impedido de votar. Deveria ter sido chamado seu suplente.
Att.,

> Date: Tue, 29 Sep 2015 08:18:20 -0300
> From: calhau em almg.gov.br
> To: gial em listas.interlegis.gov.br
> Subject: Re: [gial] Contas 2011
> 
> Gialeiros!
> 
> A palavra final no julgamento das contas do Prefeito é da Câmara 
> Municipal. Esta, após o parecer prévio do Tribunal de Contas, julga as 
> contas do Executivo. De acordo com a Constituição Federal de 1988, o 
> parecer do Tribunal só deixará de prevalecer pelo voto de 2/3 dos 
> membros da Câmara de Vereadores. Portanto, é juridicamente viável a 
> rejeição do parecer prévio do TC pela Câmara, desde que seja respeitado 
> o "quorum" de maioria qualificada a que se refere a Constituição.
> Entretanto, entendo que esse Vereador, que é cunhado do Prefeito, 
> deveria se abster de votar, para não comprometer o julgamento. Se o voto 
> dele interferiu no resultado da votação, pode haver questionamento 
> judicial e a votação ser anulada pela justiça.
> É o meu entendimento sobre a matéria.
> Att.
> 
> Antônio Calhau
> Em 28/09/2015 23:57, jpivetta em lonline.com.br escreveu:
> > Boa noite!
> >
> > A câmara municipal de nossa cidade rejeitou o parecer desfavorável do 
> > tribunal de contas, ocorre que um dos vereadores
> > é cunhado do prefeito municipal, no meu entender ele esta impedido de 
> > votar, alguém poderia esclarecer sobre o assunto
> > e qual providencia pode ser adotada?
> >
> >
> > José Augusto
> 
> -- 
> Histórico do grupo:
> http://colab.interlegis.leg.br/search/?type=thread&order=latest&list=gial
> 
> Regras de participação:
> http://colab.interlegis.leg.br/wiki/ComoParticiparComunidade
> 
> Para administrar ou excluir sua conta visite:
> https://listas.interlegis.gov.br/mailman/listinfo/gial
 
-- 
Histórico do grupo:
http://colab.interlegis.leg.br/search/?type=threadℴ=latest&list=gial

Regras de participação:
http://colab.interlegis.leg.br/wiki/ComoParticiparComunidade

Para administrar ou excluir sua conta visite:
https://listas.interlegis.gov.br/mailman/listinfo/gial

  
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://listas.interlegis.gov.br/pipermail/gial/attachments/20150929/0b4d23a2/attachment.html>


Mais detalhes sobre a lista de discussão GIAL