[gial] Uma ferramenta para nos ajudar a democratizar a linguagem do poder público

Giovana Rodrigues giovana.divcol em gmail.com
Quarta Abril 2 11:09:40 BRT 2014


Caras/os Colegas,

Para quem não conhece, eis uma ferramenta de busca bastante interessante
para nós que, na interlocução do poder público com o cidadão, perseguimos
uma linguagem democrática, mais próxima da linguagem da população:
http://acervo.estadao.com.br/.

Dentre tantas utilidades, a ferramenta tem sido empregada por pesquisadores
da área da linguagem para analisar comparativamente a tendência de uso de
uma palavra em relação a outra, mas pode também ser usada em relação a uma
só palavra, para avaliarmos o crescimento ou decrescimento de seu uso.
Pressupõe-se, para isso, que o discurso jornalístico figura entre aqueles
com boa sensibilidade para a linguagem contemporânea. No caso do *Estadão*,
não se trata propriamente da linguagem popular, mas já se faz aí um grande
distanciamento da linguagem especializada.

A linguagem especializada muitas vezes é nossa única alternativa; não
propomos abrir mão dela. Não obstante, em muitos aspectos, as duas
linguagens (especializada e popular) podem ser convergentes; a ferramenta
em referência pode nos ajudar a trabalhar mais no campo dessa convergência,
inclusive na redação de leis.

Tenho notícia de que alguns outros veículos de comunicação disponibilizam
recurso semelhante, mas não saberia precisar quais. Tomara encontremos
também um veículo popular que o faça.

Para uma busca bem sucedida, é bom lembrar que um palavra pode ter
homônimos e significados variados. Assim, em alguns casos, incluiremos no
campo de busca, junto com a palavra a ser pesquisada, outra palavra que lhe
limite o sentido. Por exemplo, se quero pesquisar a ocorrência de *bola de
futebol*, não inserirei apenas a palavra *bola* e sim *bola futebol*. É
possível também limitar a busca por caderno do jornal, tentando desta forma
restringir o sentido da palavra ao campo temático do caderno escolhido.

Como exemplo, podemos pensar na dúvida entre escolher escrever *paradoxo *
ou *contradição, *em um documento. No caso, então, faremos uma busca para
cada palavra e compararemos os números de uma com os da outra. Optaremos
pela que obtiver números maiores nos períodos mais recentes. Segue anexo o
exemplo de busca da palavra *contradição*.

Fico aqui pensando como seria possível acoplar um indicador de frequência
de palavra do tipo aos nossos editores de texto.

Um abraço,

Giovana


-- 
Giovana de Sousa Rodrigues - Redatora
SECRED/DIVCOL/DIRLEG
Câmara Municipal de Belo Horizonte - CMBH
(31) 3555-1309
giovana.divcol em gmail.com
giovana em cmbh.mg.gov.br
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://listas.interlegis.gov.br/pipermail/gial/attachments/20140402/b3d18f85/attachment.html>
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo não-texto foi limpo...
Nome: Tutorial - acervo Estadao.docx
Tipo: application/vnd.openxmlformats-officedocument.wordprocessingml.document
Tamanho: 258871 bytes
Descrição: não disponível
URL: <http://listas.interlegis.gov.br/pipermail/gial/attachments/20140402/b3d18f85/attachment.docx>


Mais detalhes sobre a lista de discussão GIAL