[gial] Plano de cargos e salárioos do magistério

Eduardo Estellita eduardoestellita em yahoo.com.br
Quinta Fevereiro 24 10:15:34 BRT 2011


       Caros amigos do GIAL, 


       sou vereador de Alto Paraíso de Goiás e gostaria de pedir ajuda à uma 
questão que ainda se encontra atravessada em minha garganta. Todos sabemos da 
importância da educação para o desenvolvimento de qualquer país, creio que não 
preciso convercer nenhum dos senhores a este respeito. Bem, ano passado por 
justa reenvidicação dos professôres do nosso município, foi encaminhado à esta 
casa de leis Projeto de Lei alterando o Plano de Cargos e Salários do Magistério 
para o estabelecimento do piso nacional do salário dos professôres, questão 
indiscutível e apoiada integralmente por este vereador, porém aproveitando a 
aportunidade de mudança no texto da lei, inseriu-se a meu ver de forma 
inadequada e irresponsável a supressão do artigo que previa avaliação de 
conhecimento. Senhores todos sabemos que o professor tem que se atualizar, 
capacitar,aprimorara, reciclar seja qual for a palavra para melhorar  seu 
conhecimento visando a qualidade do ensino. Fiz uma emenda ao projeto pedindo a 
permanência do artigo visto que era a única ferramente que dispúnhamos para 
identificar possíveis deficiências nas suas formações, e posterior 
capacitação. Para meu espanto fui voto vencido pois os professores certamente 
por temer serem mal avaliados pressionaram os vereadores, e como professor é 
formador de opinião, estes  não se arriscaram perder votos e assim 
foi substituido por avaliação de portifolil, que no meu entendimento diz mais 
respeito à avaliação de desempenho. A ajuda que peço neste momento é se isso é 
legal?, de que forma poderemos contornar esta situação e termos como obrigagar 
professor a se capacitar quando necessário. 

      Na certeza de encontrar alguns especialistas nesta área em nosso grupo, 
agradeço antecipadamente.


Ver Eduardo Estellita Cavalcanti Pessôa 


      



Mais detalhes sobre a lista de discussão GIAL