[gial] Projeto de incentivo a bolsa escolar na esfera municipal.

andrebc em usp.br andrebc em usp.br
Quarta Agosto 4 11:58:16 BRT 2010


Leandro,

a prefeitura de São Paulo tem um convênio com o CIEE (organização do  
3º setor), que realiza o processo de seleção e destina estagiários  
para entrevista na prefeitura e em seus órgãos.
Desse modo, quem financia as bolsas é o próprio poder público.
Você pode verificar isso, mas é Constitucional sim, até onde sei.

Att
André Bortolazzo Correr
GPP - USP - EACH


Citando Rodrigo Barbosa da Luz <rodrigoluz em interlegis.gov.br>:

> Leandro,
>
> O programa de estágio pode ser regulamentado via resolução. Em anexo os
> exemplos da Câmara Municipal de Marília - SP e Câmara Municipal de São
> Paulo - SP.
>
> Att,
> Rodrigo Luz
> Interlegis
>
>
> Em Qua, 2010-08-04 às 10:27 -0300, Leandro Roberto Silva escreveu:
>> Bom dia a todos,
>>
>> Estou aqui em minha Casa Legislativa a dois anos e venho de muita
>> participação em projeto de pesquisa em iniciação científica na
>> faculdade que cursei. Lá existem projetos de incentivo a pesquisa com
>> bolsas, além de bolsas de auxílio social onde os alunos trabalham
>> prestando serviço em laboratório, biblioteca, administração e afins.
>> Não só por isso, esses alunos precisão programas de estágio, temos
>> aqui duas faculdades e cursos técnicos na área de informática.
>>
>> Pois bem, essas bolsas que geralmente são de R$300,00, não poderiam
>> ser fornecidas pelo legislativo e executivo em troca de programas de
>> estágio supervisionado pelas chefias interessadas e dando respaldo as
>> exigências burocráticas da universidade.
>>
>> Em minha realidade vejo essa garotada desesperada por cumprir horas de
>> estágio supervisionado e com uma grande capacidade de colaboração a um
>> custo mínimo e gerenciado não exorbitante como vemos em alguns
>> segmentos por ai. De um outro lado eu, que preciso de colaboração e
>> tenho conhecimento e prática a transmitir.
>>
>> Não sei se pegaram o espírito da coisa: Minha intenção é fornecer
>> estágio a um custo colaborativo, não importando a área: saúde,
>> elétrica, informática, etc ( afinal muitos deles são obrigados a
>> cumprir horas e não encontram estágio no setor privado), receber
>> prestação de serviço desses estagiários e dar em troca conhecimento e
>> prática técnica e corporativa.
>>
>> PERGUNTO:
>> Tem alguém ai pelo Brasil afora, com programas de incentivo ao estágio
>> conveniado as suas universidades e/ou escolas técnicas locais com
>> fornecimento dessas bolsas de baixo custo (semelhante as fornecidas
>> dentro das instituições de ensino)?
>>
>> É constitucional? Alguém tem um modelo projeto de lei? será que pode
>> dar certo(eu efetivamente precisaria de dois ou três e cobraria
>> eficiência deles)?
>>
>> --
>> att.
>> ========================
>> Leandro Roberto - (64) 8448-7460
>> Tecnólogo em Sistemas de Informação
>>
>> Câmara Municipal de Jataí - (64) 3636-0816
>> Departamento de TI
>> Departamento de Documentação Eletrônica
>>
>> --
>> Site da Comunidade GIAL:
>> http://colab.interlegis.gov.br/gial
>>
>> Regras de participação:
>> http://colab.interlegis.gov.br/wiki/ComoParticiparComunidade
>>
>> Para pesquisar o histórico da lista visite:
>> http://colab.interlegis.gov.br/wiki/PesquisaListas
>>
>> Para administrar sua conta visite:
>> http://listas.interlegis.gov.br/mailman/listinfo/gial
>
>






Mais detalhes sobre a lista de discussão GIAL